11 de set de 2012

[enquete] Estilo mistério foi o mais votado em nossa primeira enquete!

Olá! na primeira enquete do blog Eu Amo Livros foi perguntado "Qual o seu estilo preferido?" e Mistério foi o estilo mais votado, por isso, preparei uma lista de livros de mistério lançados recentemente. Espero que gostem! Caso queiram dar mais dicas de livros, postem nos comentários que eu acrescento aqui! Até mais!



O Hipnotista

O HipnotistaO massacre de uma família nos arredores de Estocolmo abala a polícia sueca, e o detetive Joona Linna exige investigar os assassinatos. Com o criminoso foragido só há uma testemunha: o filho de 15 anos, que sobreviveu ao ataque. Quem cometeu os crimes o queria morto: ele recebeu mais de cem facadas e está em estado de choque.

Desesperado por informações, Linna só vê uma saída: hipnose. Ele convence o Dr. Erik Maria Bark - especialista em pacientes psicologicamente traumatizados - a hipnotizar o garoto, esperando descobrir o assassino através das lembranças da vítima. É o tipo de trabalho que Bark jurara nunca mais fazer: eticamente questionável e psicologicamente danoso. Quando ele quebra a promessa e hipnotiza o garoto, uma longa e aterrorizante sequência de acontecimentos tem início.


O caso Neruda

O Caso NerudaVelho e doente, o poeta Pablo Neruda volta ao Chile no inverno de 1973, depois de deixar o posto de embaixador do governo de Salvador Allende em Paris. Em sua vida repleta de êxitos, resta um mistério a desvendar - uma dúvida que o atormenta quando percebe que sua vida está próxima do fim. Nesse momento, Neruda conhece o detetive cubano Cayetano Brulé, a quem confia a missão de seguir o rastro de Beatriz de Bracamonte, uma mulher de múltiplas identidades e paradeiro desconhecido, única pessoa capaz de elucidar o passado do poeta. Enquanto Brulé empreende sua caçada em países como México, Cuba, Alemanha Oriental e Bolívia, Neruda aguarda impaciente a chegada de notícias em um ambiente cada vez mais tenso com a iminência de um golpe militar contra o governo.


A Janela de Overton


Um plano para destruir a América está sendo planejado há centenas de anos. Uma poderosa técnica chamada Janel Overton pode modificar vidas, leis e o futuro. A Janela consiste na medição da decisões políticas aceitaveis por parte da população; por manipulação, pode-se se fazer com que o público aceite leis que antes lhe pareceriam absurdas.

A Janela de OvertonNoah, um executivo de Relações Públicas com 20 e poucos anos, é muito mais preocupado com o futuro de sua vida social do que o futuro de seu país. Tudo muda quando ele encontra Molly Ross, uma mulher que é consumida pelo conhecimento de que a América que conhecemos está prestes a ser perdida para sempre.

Ela e seu grupo de patriotas se comprometeram a recordar o passado e lutar por um futuro, mas Noah, convencido de que são apenas teorias de conspiração erradas, não está interessado em emprestar suas habilidades sociais para a sua causa.

De repente, o mundo muda. Acontece um ataque sem precedentes sobre o solo dos E.U.A. que sacode o país. O plano assustador entra em ação para transformar a America e demonizar --perante a opinião pública-- todos os que se interpõem no caminho.

No caos, as pessoas se perdem entre o que é teoria da conspiração e realidade. Ficam sem saber de que lado lutar.

Para Noah a escolha é clara: é necessário expor o plano e revelar os conspiradores por trás dele. Esta será a única maneira de salvar a mulher que ele ama e a liberdade do país.


A Descoberta das Bruxas


A Descoberta das Bruxas Bem-sucedida estreia na ficção da historiadora norte-americana Deborah Harkness, "A Descoberta das Bruxas" foi uma das obras mais disputadas da Feira do Livro de Frankfurt de 2009 e é uma das apostas de 2011 no mercado editorial internacional.

Com direitos de publicação comercializados para 33 países, o livro alcançou, já na semana de lançamento nos EUA, o segundo lugar na concorrida lista dos mais vendidos do The New York Times, e permanece no ranking há oito semanas.



Um Lugar Especial

Um Lugar EspecialPor meio do amadurecimento de um menino e com uma alta dose de mistério e tensão, o thriller Um Lugar Especial, de Peter Straub, apresenta o surgimento e a evolução da natureza cruel e fria dos assassinos.









Tarântula

TarântulaUm dos mais duros e talentosos autores franceses das últimas décadas, Thierry Jonquet se firmou no concorrido e exigente mercado europeu com romances policiais e narrativas com grande pendor político. Em "Tarântula" - que inspirou o novo filme de Almodóvar, "A pele em que habito" -, ele visita a barbárie moderna para criar uma fábula perversa de horror sexual e sadismo.

Uma história com ares de Marquês de Sade e estética à la Bosch, onde o protagonista é um misto de Dr. Frankstein e Prometeu, o mítico herói grego que rouba a luz dos deuses para dá-la aos mortais. O resultado é um espetacular thriller, uma narrativa desumana, cínica e eticamente dúbia.

Richard Lafargue é um eminente cirurgião plástico assombrado por perversos segredos. Mantém uma sala de cirurgia no porão de seu castelo... e sua esposa Eve presa no quarto. Um cômodo equipado com um comunicador através do qual dita ordens. Eve somente é libertada para ser exibida em coquetéis. E no último domingo do mês, quando o casal visita uma jovem num asilo para doentes mentais. Após os passeios, Lafargue humilha Eve e a obriga a manter relações com estranhos enquanto observa.

Em capítulos alternados, Jonquet nos apresenta, ainda, diferentes personagens, aparentemente sem nenhuma conexão entre si. Um criminoso em fuga após matar um policial; um jovem acorrentado, nu, em uma câmara escura, forçado a sofrer todo tipo de tortura nas mãos de um misterioso estranho a quem chama de Mygale, nome de uma aranha tropical. Todas essas pessoas estão presas numa teia de intrigas, destinadas a encontrarem seu destino.

Jonquet move magistralmente as peças desse jogo, ampliando o suspense a cada novo capítulo, construindo em Tarântula um romance que captura e envolve como uma aranha à sua presa.





0 comentários:

Postar um comentário