25 de jul de 2012

[bienal] 10 lançamentos para jovens na Bienal de São Paulo

A Bienal do Livro de São Paulo está chegando (rufem os tambores) e com ela vem uma infinidade de lançamentos. O site Podler classificou os 10 livros mais esperados. Confiram!
bienalSP 10 fragmentos
10. Fragmentos de uma rua sem fim
Adalberto Nogueira, Editora Baraúna, Romance.

Fragmentos de uma rua sem fim é um livro que conta a história de um homem que, no ano de 1974 estava no exército e participa de uma operação em um acampamento em local afastado da cidade. A conduta do personagem que narra a própria história, um rapaz que se apresenta com vários nomes, todos começados pela letra T, deixa um travo amargo na boca, fazendo com que o leitor encontre a representação do ser humano que, diante da vida que o arrasta em um turbilhão desenfreado, muitas vezes apenas se deixa levar, sem iniciativas, ou sequer desejo de resistência. Sua história, contudo, é contada de uma maneira intercalada com vários momentos de sua, alternando-se em um vai-e-vem de passado e futuro.

Por quê?
Além de se passar em uma época intrigante (1974), conta a história de um homem que serve o exército, o que eu acho interessante. A sinopse me chamou a atenção, pois fala da representação do ser humano, quando não há resistência, e ele apenas se deixa levar.
bienalSP 09 lua
09. Lua... O Anjo Terrestre
Flávia Cerri Paiva, Editora Scortecci, Ficção.

Lua é uma garotinha muito especial, que nasceu de uma gravidez inesperada entre Angel e Vinícius. Os dois ainda são muito jovens quando tudo acontece. Angel tenta levar Vini ao altar. Os planos não saem como esperado e eles acabam se separando. Lua nasce e vai crescendo em péssimas condições, sempre passando por muitas dificuldades. Até que um dia, se vê sozinha nas ruas de sua cidade. Válter, ao contrário de Lua, é um garoto que sempre teve tudo o que quis, sempre foi muito rico, mas também acabou se vendo sozinho nas ruas. Valtinho e Lua se encontram e juntos vão passar por incríveis experiências e aventuras em busca de força para voltar e reencontrarem suas famílias.

Por quê?
O título me chamou a atenção e Lua é apenas uma garotinha, acho que só por isso deve-se dar uma chance para o livro. Ela vive aquela situação comum, onde os pais são separados e a criança se sente sozinha. Lua acaba encontrando um garoto que tem tudo, mas que também se sente sozinho, então acho que pode ser um livro legal.
bienalSP 08 osguerreiros
08. Os Guerreiros do Penhasco da lua
Maristher Motta Bello, Editora Scortecci, Ficção Juvenil (08-12 anos).

"Oh, como é bom viver nas águas azuis do mar!" Exclamam seus alegres habitantes. Mas, você, ao vê-lo pela primeira vez, procura entender "o sentir" que nunca sentiu. Diferente de qualquer outro lugar! Passada a emoção e as lágrimas diante de tal grandiosidade, como não imaginar o que se esconde na fantástica imensidão azul? Entre as profundezas do mar e a superfície, a história mescla ficção e realidade, suspense e aventura. As incríveis peripécias vividas por seus personagens nos levam a um mistério, entre os muitos mistérios, quando se fala do mar: Mid, uma serpente alada, que sobe do abismo trazendo quatro ovos azuis. Em uma análise profunda, a história revela o "poder de fogo" das palavras como instrumento para combater todas as formas de opressão: do bem contra o mal; da união contra o totalitarismo; da voz contra o silêncio.

Por quê?
Não é um livro para minha idade, mas nunca liguei para isso. Se eu gostei da sinopse, o livro entra automaticamente na minha lista. Ele fala do mar, e das criaturas que vivem nele. Achei legal porque gosto de quase tudo que envolve água, suspense e criaturas, digamos... Diferentes do habitual.
bienalSP 07 diario
07. Diário de um Banana 6: Casa dos Horrores
Jeff Kinney, V&R Editoras, Literários.
Em sua sexta aventura, Greg Heffley passará por grandes apuros. As coisas para ele vão de mal a pior, tanto na escola como em sua casa. Greg será suspeito de vandalismo e se tornará um suposto foragido da polícia. Além disso, uma forte tempestade de neve faz com que ele e sua família fiquem presos em casa. Em pouco tempo, o seu lar doce lar se transformará em uma verdadeira Casa dos horrores. Divirta-se com as novas confusões de Greg, ele nunca esteve tão Banana!
Por quê?
Ainda não tive oportunidade para ler a coleção, mas a vontade é grande. O título e a capa chamam a atenção. Ele fica preso em casa por causa de uma tempestade de neve (fala sério, quem gostaria disso?) e a sinopse deixa claro que o personagem entra em muita confusão, o que eu aprecio muito.
 bienalSP 06 brahnac
06. Brahnac: A Terra Mágica
Cátia Isotton Nachbar, Editora Baraúna, Romance.
Brahnac - A terra mágica narra a história de Clarice,uma jovem que acaba de descobrir que tudo o que sabia ou pensava saber sobre sua vida é uma grande mentira. Clarice não imaginava que seu passado escondia mistérios que poderiam custar sua vida. De uma hora para outra vê sua tranquilidade ser tragada e literalmente jogada de encontro a uma responsabilidade superior à que poderia suportar. Parte de seu passado é revelado. Apenas o suficiente para que ela tome conhecimento da existência de outra dimensão, da qual é a soberana. Mistério, magia e muita aventura,este é o destino de Clarice em uma terra que jamais supôs existir e que terá que salvar. "De volta aos seus pensamentos, ela olhou ao redor tentando ver naquelas paredes algo que a fizesse sentir que a sua vida não fora, até então, uma tremenda farsa." (Trecho extraído do livro)
Por quê?
De cara já vi que é um livro legal. A protagonista descobre que há outro mundo, onde ela é soberana, e que precisa da sua ajuda. (Sexo feminino arrasa!) Eu viveria essa aventura, afinal quem não gostaria de um mundo paralelo onde você manda em tudo?
 bienalSP 05 oDespertar
05. O Despertar das Tatuagens
Regina Drummond Rosana Rios, Giz Editorial, Ficção Adolescente/Adultos Jovens (13-19 anos).
Dois mundos. Um objeto perdido. Marcas que se transformam em tatuagens de poder. O mal se espalha por um reino idílico, governado pela Grande Mãe, uma poderosa matriarca. Uma profecia pode levar a salvação para o continente devastado. Mas pode também atrair criaturas perigosas: as Sombras, que se alimentam das fraquezas humanas, encontram o campo livre para agir. Entre duas realidades cheias de desafios, Raiziar, o herdeiro da Grande Mãe, luta pelo despertar das nove tatuagens que traz no corpo. Só elas poderão ajudá-lo a encontrar o objeto capaz de devolver força e poder aos seus ancestrais.
Por quê?
Se você é fascinado por tatuagens, ficaria louco na frente desse livro. Onde as “marcas” são poder, e o mal avança entre dois mundos. O herdeiro se vê cheio de responsabilidades. Ele precisa despertar as nove tatuagens que traz no corpo e achar um objeto capaz de devolver força aos seus ancestrais. Legal não?
 bienalSP 04 matadores
04. Os Matadores da Meia-Noite: Os Cavaleiros de Tristan
Fernando Ferraz, Editora Scortecci, Ficção.
O livro começa com uma descoberta feita por um rei na Europa da época medieval, o nobre descobre que seus melhores estrategistas são na verdade vampiros, e acaba lutando contra eles. Depois do acontecido, no ano de 2010 no Brasil, um grupo de adolescentes deseja ir a uma exposição de peças antigas de um reino do norte da Alemanha chamado Tristan, as peças incluem uma espada lendária do último rei, o lendário homem que supostamente havia matado os vampiros. Quando um dos garotos se corta com o vidro que protegia a espada a trama começa, a verdade dos vampiros aparece para o leitor de uma forma sombria e verdadeira, o romance entre melhores amigos, as batalhas entre seres noturnos cheio de poderes sobrenaturais. O livro é isso, uma ficção cheia de amor e terror, faz com que o leitor veja os sentimentos dos seres mais fascinantes da terra.
Por quê?
“Cavaleiros” é uma daquelas palavras que você deve amar. As histórias de vampiros já se tornaram clichês, mas essa parece ser diferente. Um grupo de brasileiros vai para Alemanha e a trama começa, a verdade sobre essas criaturas vem à tona. O interessante é a última frase da sinopse: “[...] faz com que o leitor veja os sentimentos dos seres mais fascinantes da terra.”
 bienalSP 03 nakta
03. Nakta e o Segredo das Pedras
Patrícia Mello, Editora Scortecci, Ficção.
Como num passe de mágica as palavras da avó Catarina se transformavam em cavalos, guerreiros, princesas, reis e rainhas. Como se naquele momento elas pudessem vivenciar exatamente as palavras que avó cuidadosamente descrevia. Recordava de cada detalhe que seu pai de uma forma criativa contava-lhe quando pequena. Era sempre um momento mágico a hora de dormir. Quando Sophia soube que passaria suas férias com sua avó, pensou que o mundo acabaria, mas algo de muito mágico e emocionante aconteceria. Como num passe de mágica, conheceu a história de Nakta, um reino repleto de segredos e aventuras inesquecíveis. Combinando amor, ódio, traições, poder, riquezas e fantasia, Patrícia Mello produz com extraordinária magia este primeiro volume da série de contos que deixam os leitores envolvidos até a última página.
Por quê?
Um mundo novo, com segredos e aventuras. É aquele livro em que tudo que você ouvia nas histórias se torna real. Fiquei interessada e agora preciso lê-lo. A história parece ser contagiante.
 bienalSP 02 vidaEterna
02. Vida Eterna ao Alcance de 2 dígitos
Wil Costa, Editora Scortecci, Ficção.
O Mal da Morte tem cura? Se você não sabe até onde irá nos levar a atual evolução da tecnologia digital, saiba que um dia ela poderá livrá-lo da Morte, e talvez para sempre! A paixão antiga e mal resolvida entre o cientista brasileiro Julian Agami e a psiquiatra norte-americana Helena Bauer tempera esta história de ficção científica, tendo como cenário as maravilhosas cidades de Cingapura e do Rio de Janeiro, em meados do século 21. Esta época está marcada pelos grandes desafios climáticos e populacionais, onde as esperanças humanas estão quase totalmente voltadas à Cibernética e à Tecnologia Digital, para a solução de grande parte dos seus problemas e doenças diversas. No momento em que a luta contra a doença maior atinge o seu ponto crítico, surge a possibilidade de se poder renascer, sem deixar de lado a imensa bagagem cultural que levou décadas para ser construída no espírito do ser renascido. Eis que alguém surge e consegue, superar e vencer o grande mal que aflige a todo ser...
Por quê?
A maior parte do livro parece ser realidade. Problemas no século 21, a evolução da ciência e da tecnologia, entre outras. A história difere, pois surge a possibilidade de renascer sem perder a bagagem cultural adquirida anteriormente. Já imaginou isso?
 bienalSP 01 oGuerreiro
01. O Guerreiro do Terceiro Milênio
Rubens Neto, Editora Baraúna, Ficção.
O guerreiro do terceiro milênio narra a estória de união dos dois maiores lideres do Céu e do Inferno para a criação de uma nova entidade, com um único objetivo: extinguir a raça humana e trazer paz à Guerra Infinita. Agora, a última esperança dos Homens recairá nas mãos de um garoto de nove anos de idade, Ananias, cujo destino nada mais é do que ser o próximo Avatar, o último Cristo. Ao seu lado, protegendo-o até do impossível, estará o Anjo da Morte, Gabriel, e Verrat, um demônio buscando redenção. Nessa jornada, eles enfrentarão a fúria de um novo exército nazista, comandado por poderes ocultos, e poderão contar somente com o apoio de um grupo de elite dos melhores soldados. Mas o que são alguns contra um poder que extrapola os conceitos da realidade? O que são alguns contra um Inferno de maldade e um Céu de plenitude? A diferença descansará em um guerreiro... O Guerreiro do Terceiro Milênio.
Por quê?
A capa chamou muita atenção, o título então nem se fala. O livro trata de uma perspectiva diferente do fim do mundo. A responsabilidade em ajudar os homens caíra sobre um garoto, o que eu acho interessante. O Céu e o Inferno se juntam para extinguir a raça humana. Essa é uma estória que promete.

Sobre a 22a Bienal Internacional do Livro de São Paulo


A Bienal Internacional do Livro de São Paulo é um evento cultural organizado pela Câmara Brasileira do Livro, que reúne várias editoras brasileiras e estrangeiras para apresentar lançamentos e seus títulos. Em 2012, a organização do evento prevê cerca de 800 mil visitantes em 11 dias de evento, num espaço total de 60 mil m².
Data: 9 a 19 de Agosto de 2012
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi
Av. Olavo Fontoura, 1.209 - Santana - CEP 02012-021 São Paulo - SP
Horário de Visitação: de 09 a 18 de agosto, das 10h às 22h. Dia 19 de agosto, das 10h ás 20h, com entrada até às 18h.


1 comentários:

Postar um comentário