19 de jul de 2012

[quinta científica] Livro propõe uma viagem em palavras pelo Atol das Rocas

O Atol das Rocas é a primeira reserva biológica marinha do Brasil. A 148 Km do arquipélago de Fernando de Noronha, é o paraíso dos cientistas, os únicos com acesso ao lugar que preserva espécies raras da biodiversidade marinha no decorrer dos mil metros de profundidade de suas águas. Uma história que agora ganha registro nas páginas de Atol das Rocas 3.º 51’S 33.º 48’W, organizado por Alice Grossman, com imagens realizadas por pelas especialistas em fotografia marinha Marta Granville e Zaira Matheus e textos de Maurizélia de Brito Silva, chefe da reserva marinha, e do historiador e almirante Max Justo Guedes.


Colônias de corais, esponjas, crustáceos, peixes, polvos, cerca de 150 mil aves e exemplares da flora. As tartarugas verdes, que estão em risco de extinção e fazem a desova na praia de Rocas, e até uma espécie de alga que só existe nesse pedaço de Brasil e é alvo de estudos para a cura do HIV. Tudo está registrado nesse trabalho, que acaba de ser lançado pela editora Bei.


Fonte: Estado de São Paulo
Imagem: Divulgação do Livro Atol das Rocas

0 comentários:

Postar um comentário