2 de jul de 2012

Livro ilustrado mostra belezas da Austrália

Cercado por água por todos os lados, este país --tecnicamente um continente-- é a terra dos superlativos e dos contrastes. Assim, não é de se estranhar que lá se encontre o maior conglomerado de recifes e corais do Planeta --2.000 km desde o Cabo York até Gladstone. Também um sem fim de secas planícies, formações rochosas, imensas florestas e animais de tirar o fôlego. O livro "Austrália" apresenta este lugar no mundo onde tudo é espetacular.

A Austrália, isso não é novidade, é a terra dos cangurus --desde o grande canguru vermelho, mais alto que um homem, ao minúsculo canguru-rato, com uns 30 cm. Também do agressivo diabo-da-tasmânia, predador que, no passado, foi caçado e envenenado pela população local por conta dos estragos que causava no rebanho, mas hoje é espécie protegida. Outro sob a proteção é o gracioso koala, que vive entre as folhas dos altos eucaliptos.
As montanhas são uma barreira meteorológica e física que separa a costa australiana das planícies do interior do país. A partir desta fronteira de rochas, na direção do coração do território, chega o sopro quente dos ventos dos desertos. Pois, o centro do continente é formado pelas principais áreas desérticas, divididas em reservas e fazendas de gado, muitas vezes do tamanho de alguns países europeus.
Nem as altas temperaturas e a paisagem árida do interior nem a fama de amor ao surf e banhos de mar, no entanto, têm a ver com o fato de todas as grandes cidades australianas estarem na costa. A explicação mora em uma questão prática. Cercados por oceanos, a ideia dos australianos é estarem perto de portos, de rios, dos golfos, das saídas pelo mar para exportar produtos e fazer negócios.
Antes da chegada do europeu, eram os aborígines os senhores absolutos do lugar. Nômades e divididos em tribos, eles falavam cerca de 300 dialetos. Décadas depois da ocupação estrangeira, este povo se viu quase inteiramente dizimado. Felizmente, hoje a situação mudou, e eles são mais e mais reconhecidos e integrados neste imenso mosaico que é a população da Austrália --o total de 21 milhões que poderia caber inteiro, por exemplo, dentro da cidade de Nova York e seus arredores.
*
"Austrália"
Autor: Kelvin Aitken
Editora: Manole
Páginas: 128
Quanto: R$ 14,90 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

0 comentários:

Postar um comentário