29 de jul de 2012

[especial criança] Supercalifragilisticexpialidoucius

Mary Poppins é uma série de livros para crianças escritos por P.L.Travers e originalmente ilustrado por Maria Shepard. Os livros são baseados em torno de uma misteriosa, vaidosa e mágica babá inglesa chamada Mary Poppins. Ela é levada pelo vento leste ao número 17 Cherry Tree Lane, em Londres e para dentro da casa da família Banks para cuidar das crianças. Ela se encontra com limpadores de chaminés, comerciantes e muitas outras aventuras se sucedem até que Mary Poppins, repentinamente desapareça, assim, num estalar de dedos. As aventuras acontecem através de oito livros no total. No entanto, apenas os três primeiros livros mostram Mary Poppins chegando e partindo. Os outros cinco livros narram as aventuras ainda não contadas das suas três visitas anteriores. Como a escritora explica em sua introdução a ‘Mary Poppins no Parque’, "Ela não pode permanecer chegando e partindo indefinidamente."


Os livros foram adaptados em 1964 para um filme musical dos Studios Disney estrelado por Julie Andrews e Dick Van Dyke. Em 2004, a ‘Disney Theatrical’ produziu uma adaptação para uma peça musical nos teatros de West End em Londres, a London's Theatreland, que seria o equivalente à Broadway em Nova Iorque para os norte-americanos. Em 2006, o musical foi levado para a Broadway. O espetáculo continua em cartaz até hoje com platéias lotadas. A peça tem sido um grande sucesso assim como o foi o clássico filme de 1964.


O Primeiro livro ‘Mary Poppins’, publicado 1934
O primeiro livro apresenta a família Banks, formada pelo casal, Sr. e Sra. Banks e seus filhos, Jane, Michael e os bebês gêmeos John e Barbara. Quando a babá das crianças, Katie Nana, num acesso de ira, vai embora como uma tempestade, Mary Poppins chega à casa dos Banks, com seus apetrechos de viagem numa maleta, soprada por um vento muito forte. Ela aceita o trabalho e as crianças logo aprendem, entretanto, que sua babá, é severa, vaidosa e quase sempre se transforma, num toque mágico, numa babá maravilhosa. Dentre as coisas que Jane e Michael experimentam, está uma festa-do-chá no teto da casa com o Sr. Wigg, uma viagem ao redor do mundo com uma bússola, a compra de estrelinhas de pão de gengibre da velha Sra. Corry, um encontro com a mulher pássaro, uma festa de aniversário no zoológico, no meio dos animais, e uma viagem de compras de Natal com uma estrela chamada Maia, das plêiades da constelação de Touro. No final, Mary Poppins está satisfeita com o trabalho feito por ela na família Banks e o vento oeste a leva embora.



A impressão original de 1934 de Mary Poppins continha uma versão do capítulo ‘Terça-feira Ruim’ quando Mary e as crianças usam uma bússola para visitar lugares em todo o mundo em um consideravelmente curto período de tempo. Por conter uma variedade de estereótipos culturais e raciais de chineses, esquimós, africanos e americanos nativos, a escritora respondeu às críticas através da revisão do capítulo em 1981, para incluir representantes dos animais em vez de pessoas. Ao mesmo tempo, a ilustradora original, Mary Shepard, alterou o desenho de acompanhamento da bússola para mostrar um urso polar no norte, uma arara-azul no sul, um Panda no leste, e um golfinho no oeste.


Após a 1ª publicação de Mary Poppins vieram os outros sete livros da série.
Mary Poppins Comes Back, publicado em 1935
Mary Poppins Opens the Door, publicado em 1943
Mary Poppins in the Park, publicado em 1952
Mary Poppins From A to Z, publicado em 1962
Mary Poppins in the Kitchen, publicado em 1975
Mary Poppins in Cherry Tree Lane, publicado em 1982
Mary Poppins and the House Next Door, publicado em 1988







A escritora Pamela Travers, nascida Helen Lyndon Goff, em 1899, em Queensland, Austrália, era atriz, dançarina e jornalista antes de ficar famosa como a autora da série de livros. Mary Poppins era tão inglesa que é quase inconcebível pensar que ela foi criada por uma australiana. Pamela Travers faleceu em 1996.




Fonte:De tudo um pouco

0 comentários:

Postar um comentário