17 de jul de 2012

[notícia] Alfabetização ganha peso na Bienal de São Paulo


Abrelivros prepara uma agenda intensa de palestras, debates e workshops entre 9 e 17 de agosto

A Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares (Abrelivros) realizará durante a Bienal do Livro de São Paulo uma série de palestras, workshops e debates com o tema “Alfabetização e letramento no Brasil”. “O objetivo é incitar a reflexão sobre a alfabetização no país, e o papel que o livro didático desempenha hoje na relação ensino-aprendizagem, como instrumento de apoio ao professor e de referência para o aluno”, diz Sérgio Quadros, presidente da associação.
A primeira palestra acontece no dia 9, quando a Bienal abre, e será proferida pelo ministro da Educação Aloizio Mercadante, que falará sobre “Desafios da educação no século XXI”. A programação intensa de atividades acontece no Pavilhão do Anhembi e começa um dia depois da realização da Contec,conferência sobre educação, alfabetização e tecnologia que a Feira de Frankfurt organiza para os dias 7 e 8 de agosto, também na capital paulista.
Boa parte das atividades da Abrelivros acontecerá no estande da entidade e será promovida pelas editoras associadas até 17 de agosto. As inscrições para os eventos são gratuitas e devem ser feitas via e-mail (contato@abrelivros.org.br) ou telefone (XX11 3826 9071). Confira abaixo a programação completa.
Auditório do Salão de Ideias, no Pavilhão do Anhembi:
09/08/12 - 14h00
- “Desafios da educação no Século XXI”, com o ministro da Educação Aloizio Mercadante.
Horário: 14h00
10/08/12
 - “Conhecendo o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa”, com o secretário de Educação Básica do MEC Cesar Callegari.
Horário: 11h00
Estande da Abrelivros (Rua I 90):
10/08/12
- A Ediouro Educação apresenta “Alfabetização e Letramento: método fônico”, com Prof.ª Márcia de Oliveira Regis (pedagoga e pós-graduada em Psicopedagogia pela PUC/RJ).
Horário: 14h30 – 16h30
- A Escala Educacional apresenta o workshop “Letramento e literatura: textos em contextos na busca da competência leitora”, com Andressa Campos da Cunha (pedagoga e psicanalista infantil), Eloisa Bombonatti (mestre em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e autora de livros didáticos) e Vera Lúcia Wey (mestre em Psicologia Social e ex-coordenadora da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas/SP).
Horário: 19h00 – 21h00
11/08/12
- A Editora do Brasil apresenta a palestra “Processos mentais e sua relação com a leitura”, com Elaine Penha Leick (professora e pedagoga com especialização em alfabetização, PNL e marketing de serviços, supervisora pedagógica da Editora do Brasil).
Horário: 11h00 – 13h00
13/08/12
- A Saraiva apresenta a oficina pedagógica “Intencionalidades no processo de letramento e alfabetização: da sondagem à sistematização”, com Silvana Rossi Júlio (pedagoga da USP, pós-graduada em Língua Portuguesa e mestranda em Psicologia da Educação na PUC/SP).
Horário: 10h30 – 12h30
- A Global apresenta a palestra “Os estudos do letramento e a alfabetização de jovens e adultos: implicações para o processo de ensino e aprendizagem” com a Prof.ª Cláudia Vóvio (doutora em Linguística Aplicada no Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp, mestre em Educação pela Faculdade de Educação pela USP, pedagoga da PUC/SP).
Horário: 14h30 – 16h30
- A FTD apresenta a palestra “Alfabetizar letrando: a progressão no trabalho com produção textual”, com Cristiane Cagnoto Mori (professora do Departamento de Linguística da PUC/SP; assessora técnica da Olimpíada de Língua Portuguesa e coordenadora de Língua Portuguesa da escola Nova Lourenço Castanho).
Horário: 19h00 – 21h00
14/08/12
- A Pearson Brasil apresenta a palestra “Alfabetização e letramento: práticas, teorias e reflexões, com Sonia Madi (coordenadora Pedagógica da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro e autora de livros didáticos).
Horário: 10h30 – 12h30
- A Humanidades Educação apresenta palestra “O Programa Ler e Ser na prática alfabetizadora: a coautoria a partir da ludicidade e da interatividade”, com a Prof.ª Dra. Maribel Barreto (pós-doutora em Consciência, Transdisciplinaridade e Educação –pela Universidade Católica de Brasília, pós-doutora em Criatividade e Educação pela UNB) e Prof.ª Dra. Rosemary Ramos (doutora em Educação pela UFBA, diretora de Graduação da Faculdade de Tecnologia e Ciências de Salvador).
Horário: 14h30 – 16h30
- A Abrelivros apresenta a palestra “Alfabetização e letramento na Era Digital”, com a Prof.ª Roxane Rojo (doutora em Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas da PUC/SP, professora do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da IEL/UNICAMP, pós-doutorado na Universidade de Genebra, Suíça).
Horário: 19h30 – 21h30
15/08/12
- A Moderna apresenta a mesa redonda “A formação do professor alfabetizador: práticas e desafios”, com Maria José Nóbrega (mestre em Filologia e Língua Portuguesa pela USP, consultora do MEC e da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo), Débora Vaz (pedagoga, autora de livros e especialista em Educação pela Université Réné Descartes – Paris) e Maria do Rosário Longo Mortatti (doutora em Educação pela Unicamp, livre-docente em Metodologia da Alfabetização pela UNESP , autora de livros).
Horário: 10h30 – 12h30
- A Base Editorial apresenta o case “Caminhos da alfabetização: ações e resultados no PAIC – Ceará”, com Oralda Adur de Souza (psicóloga, mestre em Educação e autora de livros didáticos).
Horário: 14h30 – 16h30
- A Texto Editores/Leya apresenta o workshop “Alfabetização e letramento na nova sala de aul@”, com Elaine Barbero (pedagoga com especialização em Formação de Orientadores e Coordenadores Pedagógicos e mestranda em Educação).
Horário: 19h00 – 21h00
16/08/12
- A Positivo apresenta a palestra “Mídi@ digit@l: suporte ped@gógico p@r@ o letr@mento em múltipl@s lingu@gens”, com o Prof. Robson Luiz Rodrigues de Lima (especialista em Linguística, Literatura e Leitura de Múltiplas Linguagens da PUC/PR, autor de livros didáticos).
Horário: 10h30 – 12h30
- A Fundação SM apresenta a palestra “A formação do leitor para a consolidação do processo de alfabetização”, com a Prof.ª Maria do Pilar Lacerda (diretora da Fundação SM, historiadora da UFMG com especialização em Gestão de Sistemas Educacionais pela PUC/MG, ocupou a posição de secretária de Educação de Belo Horizonte, presidente Nacional da Undime e secretária de Educação Básica do Ministério da Educação).
Horário: 14h30 – 16h30
- A Scipione apresenta a mesa redonda “Alfabetização e letramento: práticas e desafios na era da comunicação digital”, com Vera Marchezi (mestre em Estudos Comparados de Literatura de Língua Portuguesa pela USP, especializada em práticas de leitura, autora de livros didáticos) e Ricardo Falzetta (gerente de produção digital da Abril Educação, jornalista e matemático).
Horário: 19h00 – 21h00
17/08/12
- A Ática apresenta mesa redonda “Alfabetização e letramento: a formação do leitor do futuro”, com Ana Trinconi (mestre em Estudos Comparados de Literatura de Língua Portuguesa pela USP, autora de livros didáticos) e Flávia Aidar (gerente de Assessoria Pedagógica das editoras Ática e Scipione, historiadora com especialização em Infoeducação pela ECA/USP).
Horário: 10h30 – 12h30
- IBEP e Editora Nacional apresentam a palestra “Alfabetização e letramento – influências da relação pedagógica no processo ensino-aprendizagem”, com a Prof.ª Valdeci Valentim Loch (pedagoga, autora de livros didáticos, membro do Grupo de Pesquisa Práxis Educativa, Dimensões e Processos da PUC/PR)
Horário: 14h30 – 16h30
- A Melhoramentos apresenta a palestra “Sistema de escrita alfabética”, com Artur Gomes de Morais (psicólogo e mestre em Psicologia Cognitiva pela UFPE e doutor em Psicologia pela Universidad de Barcelona) e Maria José Nóbrega (mestre em Filologia e Língua Portuguesa pela USP, consultora do MEC e da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo).
Horário: 19h00 – 21h00
Serviço da 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo
Data: de 9 a 19 de agosto, entre 10h e 22h.
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi
Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1.209 – São Paulo/SP
Valor do ingresso: R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia)
Entrada gratuita: professores, profissionais da cadeia produtiva do livro, bibliotecários, estudantes inscritos pelo sistema de visitação escolar programada, maiores de 60 anos e crianças com até 12 anos, mediante apresentação de documento comprobatório.

Fonte: Publishnews

0 comentários:

Postar um comentário